Não lute sozinho!

0
206

Ser representado pelo Sindseg-GV/ES é ter a garantia de conquista de direitos, assessoria jurídica e usufruir de convênios. Mas, infelizmente, existem trabalhadores que todo início de ano procuram o sindicato para deixarem de pagar a taxa extraordinária.

A taxa extraordinária de R$ 30 é descontada durante seis meses no contracheque do trabalhador e com ela o vigilante tem direito a assistência jurídica nas áreas criminal, familiar, previdenciária e trabalhista, direito a todos os convênios firmados pelo sindicato e em caso de desligamento da empresa, a sua homologação é feita com acompanhamento do Sindseg-GV/ES.

Vale ressaltar que o trabalhador que opta por deixar de pagar a taxa extraordinária não participa da festa anual de confraternização da categoria que acontece no meio do ano.

“Lutamos pelo bem da categoria, mas infelizmente não podemos defender aquele trabalhador que não é sindicalizado ou aquele que não paga a taxa extraordinária. Seria injusto com os vigilantes que contribuem mensalmente ter que disponibilizar serviços para quem não contribui com nada”, afirma o presidente do sindicato Serafim Gerson Camilo.

O presidente ressalta que o valor descontado do contracheque dos associados é de R$ 25 e que tanto o valor associativo quanto o extraordinário foram aprovados em assembleia com a categoria.

“Quem é associado não tem nenhum outro desconto além da contribuição mensal. Nestes tempos de retirada de direitos, temos que nos unir e fortalecer o sindicato que nos representa”, alerta Serafim.

Não lute sozinho! Faça parte deste sindicato forte!

Produção: Assessoria de Imprensa do Sindseg-GV/ES