Coletivo “PM na Ufes, não!” realiza debate sobre a presença da Polícia na Universidade

0
314

Na última quarta-feira (17), na sede da Associação dos Docentes da UFes (Adufes), aconteceu um café com debate sobre a presença da Polícia Militar na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). O presidente do Sindseg-GV/ES, Serafim Gerson Camilo, compareceu na atividade e expôs as dificuldades enfrentadas pelos profissionais vigilantes.

Na ocasião, também foram convidados para discutir acerca dos Direitos Humanos e Segurança Pública: o policial militar Anderson Duarte, administrador do blog Policial pensador e membro do grupo Policiais antifascismo, no Ceará, e Gilmar Ferreira, militante de Direitos Humanos há mais de 20 anos e ex-presidente do Conselho Estadual de Direitos Humanos (CEDH).

O objetivo do debate foi  levantar informações que apoiem a reitoria a rever sua decisão, para que o convênio com a PM, assinado no final de junho, mas ainda não implementado, seja desfeito.

O coletivo “PM na Ufes, não!” foi formado em setembro passado pela Adufes, o CEDH, o Fórum Capixaba de Lutas Sociais, o Círculo Palmarino e o cursinho popular AfirmAção. Desde então, realizaram um levantamento de experiências em outros espaços universitários. Na Universidade Federal da Bahia (UFBA), por exemplo, foram adotadas medidas simples como melhorias na iluminação pública e aumento da circulação de pessoas dentro do Campus Universitário.